Sobre fazer nossa parte

Somos ingratos por definição. Por mais que tentamos ser bons, nossa natureza pecaminosa nos impede.

~*~

Dia desses conversando com um amigo sobre a suficiência de Cristo para nossa salvação, ouvi como resposta “mas nós temos que fazer nossa parte, certo?”.

Resta saber o que é exatamente nossa parte. A julgar por nossa ímpia natureza, se tivéssemos algo a contribuir com nossa salvação, muito provavelmente aumentaria nosso demérito; afinal, nossa natureza carnal nos impele para aquilo que é carnal. Se, por seu lado, o que nós temos de mais sublime é a fé – que, na verdade, é dom de Deus – o que nós poderíamos contribuir com nossa própria salvação? Nada, pois até aquilo que nos é sublime não é nosso – é dom de Deus.

Eu não quero fazer minha parte. Cristo foi suficiente, em sua Obra na Cruz, para me dar a salvação. O Espírito Santo, que habita em mim, serve como meu auxílio no caminhar cristão. Se ofereço bons frutos, não é por minha bondade: é porque a luz de Cristo resplandece em mim.

Um comentário em “Sobre fazer nossa parte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: